Quinta-feira, 7 de Maio de 2009

Voluntariado!

Voluntariado…

Era já um desejo pessoal mas o trabalho de português, “Abraça uma causa” fez-me procurar rapidamente um local para fazer voluntariado.

 

Eu já tinha pensado inúmeras vezes em fazê-lo, em dar um pouco do que tenho aqueles que mais precisam e receber deles aquilo que tem para dar.

Não dão bens materiais, não me dão popularidade, dão-me carinho e muitos ensinamentos que só eles sabem, coisas da vida real.

Descobri um local e informei-me, a partir desse dia ficou combinado que lá estaria nos próximos dias. E assim foi ….

 

Assim que cheguei, o nervosismo tomou conta de mim, senti medo de não corresponder as expectativas de quem iria ser meu amigo no futuro.

O sms para os meus amigos foram mais que muitos, o nervosismo, a dificuldade em saber o que achariam de mim e as próximas relações que iria criar fizeram-me procurar algum apoio. Felizmente todos me apoiaram e me fizeram ver que o que eu estava a fazer era realmente importante.

 

Apresentada aquela “malta jovem”, as conversas seguiram-se, dissolvendo todos os nervos, angústias e ansiedades.

Fiquei algum tempo a ouvir o que tinham para me dizer, e acreditem, tinham muito para dizer. Chocou-me em parte a necessidade que tinham em falar, a necessidade que tinham em ter alguém com quem pudessem trocar algumas palavras.

 

Hoje, os nossos avós são quase que abandonados. Ser idoso em Portugal não é fácil, é quase como não ser ninguém, as vezes é como morrer antes da própria morte chegar.

 

E o voluntariado …

 

O voluntariado é uma espécie de intercâmbio de emoções e sentimentos.

Fazer voluntariado é algo tão compensador, que nós, aqueles que o fazemos devíamos ser mais que muitos.

Para além de ganharmos amigos com muita experiência de vida, ganhamos maturidade, responsabilidade e muito carinho que só eles têm para dar.

 

Se hoje os filhos, que foram criados pelos os pais, os abandonam e os deixam a mercê do seu próprio destino… Amanha parece-me que tudo será possível.

 

Pensa lá, foram criados por eles, muitas vezes com o maior sacrifício e depois?

Depois são abandonados sem qualquer justificação, sem qualquer razão.

 

Não podemos travar este flagelo mas podemos tentar minora-lo. Fazendo voluntariado.

 

Procura um local, pensa que estás a ajudar. Não é preciso ficares sem tempo, deixares de fazer aquilo que mais gostas.É só um tempinho. Não custa nada!

 

 

 

Experimenta!   :)

 

publicado por seridoso às 17:57

link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De soraia a 7 de Maio de 2009 às 19:40
Oláaa!
Bem o teu blog ainda está no inicio mas de qualquer das formas esta giro.
Não preciso muito de blog's mas mesmo assim se precisares de ajuda eu estou cá. =D

beijinho*
De Joana a 7 de Maio de 2009 às 19:57
como eu te compreendo.
o abandono dos idosos hoje em dia e' algo muito importante, demasiado importante ate' pois se nao existissem tantos abandonos nao teriamos de nos preocupar.
penso que as pessoas hoje em dia sao pouco ou nada responsaveis , tal como disseste, esquecem-se de tudo o que os pais ou outros familiares fizeram por eles, para que pudessem ter tudo o que desejavam. como acham que os idosos os estorvam só porque precisam de mais cuidados e atençao acham que a unica opçao e' descartarem-se deles.
estao enganados! as pessoas mais velhas viveram numa epoca totalmente diferente da nossa logo têm historias de acontecimentos, tradiçoes e tantas outras coisas que nos nao tivemos nem nunca teremos oportunidade de presenciar. e esse é um legado que nao pudemos esquecer nem passar à frente, há que valoriza-lo.
eu entendo que se os lares de idosos existem que é bom que tenham "clientes", por assim dizer. mas muitas das vezes esses lares nao têm as condiçoes necessarias para o bem-estar dos idosos. deviam observar e informar-se melhor sobre as condiçoes do local e só depois instalar lá os familiares.
tambem era bom se questionassem os idosos se se sentiriam 'a vontade num local como um lar. e caso eles concordem visitem-nos e perguntem-lhes como eles estão pois podem estar a passar um mau bocado.

o voluntariado é uma optima oportunidade de recolher todo este legado dos idosos. é tambem uma forma fantastica de lhes proporcionar um bom bocado, no qual podem falar de todas as suas vivencias, felicidades, tristezas, dificuldades, acontecimentos importantes e desabafar sobre o seu presente.
os idosos sao pessoas e nao monstros insensiveis , como tal precisam de carinho e atençao .
o voluntariado nem tem de ocupar os nossos dias todos. se uma vez por semana se dedicassem ao voluntariado, nao perdiam nada.
eu digo sim ao voluntariado, assim que me aparecer uma oportunidade perto de casa, ou dentro dos limites daquilo que os meus pais permitem, com certeza que vou alinhar e fazer dos idosos de Portugal uns idosos mais felizes.

NAO DESISTAM DOS IDOSOS, ELES PRECISAM DE NOS, JOVENS, PARA LHES ALEGRAR OS DIAS.

beijinhos e obrigado pela criaçao deste blog, pode ser que abra os olhos aos cidadaos portugueses.

De Joana Martins a 15 de Maio de 2009 às 19:38
Concordo plenamente contigo soraia! As pessoas não dão o devido valor aos idosos. A mim também me choca aquelas pessoas que abandonam os pais num lar, mesmo sabendo que toda a vida lutaram para nunca lhes faltar nada para o seu desenvolvimento e crescimento. Mas felizmente há (algumas) pessoas que estão dispostas a ajudá-los, como tu! Eu admiro a tua coragem que ires fazer voluntariado num centro de dia. Eu sei que ás vezes não é nada fácil! Continua assim forte que ajudarás muitas pessoas que nunca irão se esquecer de ti!
De Catarina Araújo a 19 de Maio de 2009 às 18:35
Acho que foi preciso coragem para entrares assim numa aventura, onde não sabias o que ias encontrar! Mas mais do que isso foi preciso atenção perante o que te rodeia para te teres lembrado daqueles, que apesar de não serem da nossa geração, podem ter tanto a ver connosco.
De S* a 1 de Junho de 2009 às 21:52
Concordo com o que foi dito em cima !
De Sofia Esteves a 4 de Janeiro de 2011 às 22:39
Boa noite. Alguém conhece alguma instituição ou associação humanitária de apoio aos idosos na zona do grande Porto? Obrigada. Beijinhos Sofia
De Bruno a 15 de Fevereiro de 2011 às 16:58
Gsotava de saber se alguém me sabe indicar como posso fazer para ser voluntario a fazer companhia a idosos após o horario laboral?
De patricia a 5 de Abril de 2011 às 20:50
Boa tarde, eu tbm gostaria de saber onde me posso informar sobre essas acções de voluntariado. Gostaria muito de fazer voluntariado com idosos, alem de ser um objectivo meu que quero concretizar já á algum tempo, é algo que me enriqueceria bastante na minha área de formação. Quero me licenciar em gerontologia e o voluntariado com idosos seria uma mais-valia para mim, quer a nível pessoal quer a nível profissional! Se me pudesse fornecer mais informações agradecia imenso :D desde já um muito obrigado e parabéns pela acção linda que fez :D
De Ines Loureiro a 7 de Julho de 2011 às 12:57
Boa Tarde, pode indicar-me instituições na área de lisboa onde eu possa fazer voluntariado com idosos? Sei que a scml tem, mas tb tem muitos voluntarios. Procuro uma associação mais pequena, nao tao conhecida, que tenham necessidade de voluntarios.
o meu mail é inesloureiro@hotmail.com. Obrigada
De lilaraposo a 19 de Agosto de 2012 às 21:53
Ha muito que pretendia fazer voluntariado com idosos, mas só agora tenho disponibilidade de o fazer. Sou reformada, com 64 anos, e gostaria muito de conversar com quem se encontre sozinho.
Vivo na zona de Alges e procuro orientação onde me inscrever. Será que me pode dar uma ajuda.
Votos de muito sucesso no trabalho elevado que
prestam aos idosos.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Amizade no Voluntariado

. Ser idoso é ser velho?

. Bolsa do voluntariado.

. Como é que é possivel?

. Voluntariado!

. Ser idoso em Portugal

.arquivos

. Junho 2009

. Maio 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds